Tese

A construção da identidade e da cultura dos povos do campo, entre o preconceito e a resistência: o papel da educação

RESUMO

O presente trabalho refere-se à questão da construção da identidade e da cultura camponesa no Brasil, a partir dos discursos e imagens veiculadas no final do século XIX até meados do século XX. Para compreender como esse processo de desqualificação vai ocorrendo, analisamos os discursos professados por alguns escritores da nação no final do século XIX e início do século XX. Buscamos reconhecer nos discursos atuais os discursos de tais escritores do sertão, a partir da análise da presença no campo e os sertanejos do campo nos livros didáticos.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2012
  • Autor(es): Carvalho, Raquel Alves de
  • Local de publicação: Brasil
  • Instituição(ões) relacionada(s): Programa de Pós Graduação em Educação da Unimep (Editora)
  • Fonte: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=698
  • Data de Acesso à Fonte: 19/02/2017
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Tese
  • Tamanho: 153 páginas
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.