Artigo

A atualidade da "pedagogia do oprimido" nos seus 50 anos: a pedagogia da revolução de Paulo Freire

RESUMO

Neste ensaio, o clássico Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire, foi revisitado, considerando ‘avanços’ do conservadorismo, como o Movimento Escola sem Partido. Mostra-se que Freire foi um dos precursores no Brasil do pensamento pós-colonial, devendo, portanto, servir como um ponto de interseção com essa corrente libertária cujo renascimento renova as esperanças e a utopia da esquerda.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2019
  • Autor(es): Souza, Katia Reis de | Mendonça, André Luís de Oliveira
  • Local de publicação: Rio de Janeiro
  • Instituição(ões) relacionada(s): Fundação Oswaldo Cruz (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1678-1007
  • Fonte: https://www.scielo.br/pdf/tes/v17n1/1981-7746-tes-17-1-e0018819.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 26/04/2020
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 12 páginas
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição

ITENS RELACIONADOS

Composiçao(in)

Trabalho, Educação e Saúde