Artigo

Lobisomem juvenil: uma leitura biopolítica da adolescência

RESUMO

Analisa-se a “adolescência” enquanto questão biopolítica a partir da questão da “vida nua”, tal como discutida por Benjamin, Adorno, Foucault e Agamben. A partir do questionamento da violência hermenêutica na construção da identidade “adolescente”, mostra-se que o filme “Um Lobisomem Americano em Londres” (Landis, 1981) já expunha a complexa relação entre adolescência e vida nua. O lobisomem é a alegoria. Baseia-se na questão da emancipação dos jovens do discurso a que estão expostos como vida nua.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Autor(es): Tiburi, Marcia
  • Local de publicação: Brasil
  • Instituição(ões) relacionada(s): Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Editora)
  • Identificadores: ISSN 2177-6210
  • Fonte: http://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/edu.2016.202.11/5446
  • Data de Acesso à Fonte: 17/12/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 10 páginas
  • Edição: Volume 20; Número 2
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição