Artigo

Gênero e a inclusão de pessoas com deficiência no ensino regular: um olhar nas matrículas

RESUMO

Analisam-se as questões de gênero quanto às matrículas de alunos com deficiência no ensino regular. Utilizaram-se dados dos censos escolares de 2007 a 2012, fornecidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP). Verificou-se a existência de discrepâncias no número de matrículas de estudantes do sexo masculino e do sexo feminino, em que o do sexo masculino se destaca consideravelmente quanto à existência de deficiência.

SOBRE O DOCUMENTO

ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.