Artigo

"Escolas cheias, cadeias vazias" nota sobre as raízes ideológicas do pensamento educacional brasileiro

RESUMO

Sob o pano de fundo do desemprego e da violência, vem ganhando força um discurso que atribui à escola a missão de prevenção da criminalidade juvenil, não pelo ensino de conteúdos, mas como espaço de permanência dos alunos que os protege dos "caminhos da criminalidade". Uma pesquisa documental – com destaque para os pareceres de Rui Barbosa, datados de 1882-1883 – revela que o lema "escolas cheias, cadeia vazias" é antigo no discurso do País e data da passagem do Império à República.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2007
  • Autor(es): Patto, Maria Helena Souza
  • Local de publicação: São Paulo
  • Instituição(ões) relacionada(s): Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1806-9592
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/ea/v21n61/a16v2161.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 21/07/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 24 páginas
  • Edição: Volume 21; Número 61
  • Tipo Licença: CC BY-NC - Atribuição/NãoComercial