Artigo

Repolitizar o social e tomar de volta a liberdade

RESUMO

O texto aborda como se tornou possível o espaço que o Escola sem Partido ganhou na recente política educacional no Brasil. Analisam-se as articulações entre o movimento, grupos religiosos conservadores e a Rede Atlas. Dialoga-se tanto com o neoliberalismo como economização da vida, quanto com a luta pela representação do povo, que põe em oposição as políticas populistas dos governos do PT e a rede constituída pela articulação entre a Rede Atlas e o Escola sem Partido.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2018
  • Autor(es): Macedo, Elizabeth
  • Local de publicação: Belo Horizonte
  • Instituição(ões) relacionada(s): Faculdade de Educação da UFMG (Editora)
  • Identificadores: ISSN 0102-4698
  • Fonte: https://www.scielo.br/pdf/edur/v34/1982-6621-edur-34-e212010.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 26/04/2020
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 15 páginas
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição

ITENS RELACIONADOS

Composiçao(in)

Educação em Revista