Artigo

Segregação horizontal: um desafio para a educação de mulheres

RESUMO

O artigo pretende investigar semelhanças e diferenças quanto as percepções e os interesses de meninas e meninos sobre as disciplinas escolares, com base nos estudos de gênero e de segregação horizontal das profissões. Os resultados sugerem que a cultura escolar, heteronormativa e sexista, reproduz uma lógica de segregação que estimula os meninos para as exatas e as meninas para humanas, saúde e educação. Esse cenário estimula “preferências” e habilidades diferentes em razão do sexo biológico.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2018
  • Local de publicação: Sorocaba
  • Instituição(ões) relacionada(s): Universidade Federal de São Carlos (Editora)
  • Identificadores: ISSN 2527-158X
  • Fonte: http://www.ensaiospedagogicos.ufscar.br/index.php/ENP/article/view/109/135
  • Data de Acesso à Fonte: 14/07/2020
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 07 páginas
  • Tipo Licença: CC BY-NC - Atribuição/NãoComercial

ITENS RELACIONADOS

Composiçao(in)

Ensaios Pedagógicos