Artigo

Famiíias populares e instituição escolar: entre autonomia e heteronomia

RESUMO

Discutem-se problemas teóricos no estudo das relações entre famílias populares e escola também encontrados pela sociologia no estudo das classes populares e suas relações com o mundo. Explora-se a possibilidade de superar a alternativa entre a perspectiva legitimista que reduz as classes populares à relação de dominação, e a perspectiva relativista que as insere na alteridade radical, ocultando relações sociais de dominação. Insiste-se na ambivalência das lógicas e práticas de famílias populares.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 04/2010
  • Autor(es): Thin, Daniel
  • Local de publicação: São Paulo
  • Instituição(ões) relacionada(s): Faculdade de Educação da USP (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1517-9702
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/ep/v36nspe/v36nspea06.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 13/10/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 12 páginas
  • Edição: Volume 36; Número Especial
  • Tipo Licença: CC BY-NC - Atribuição/NãoComercial