Artigo

Currículo, racismo e o ensino de língua portuguesa: as relações étnico-raciais na educação e na sociedade

RESUMO

Este artigo teve por objetivo analisar a contribuição de prescrições curriculares para o enfrentamento do racismo, por meio do ensino de Língua Portuguesa no Ensino Médio, através da análise de documentos curriculares: a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, as Novas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, as Orientações Curriculares para o Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular. Os resultados evidenciaram que, embora existam currículos comprometidos com relações étnico-raciais, a manutenção das práticas tradicionais deixa claro que normas curriculares, por si só, são incapazes de promover igualdade racial no Brasil.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2017
  • Autor(es): Carvalho, Isabela Bastos de | Castro, Alexandre de Carvalho
  • Local de publicação: Campinas
  • Instituição(ões) relacionada(s): Revista Educação e Sociedade (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1678-4626
  • Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302017000100133&lang=pt
  • Data de Acesso à Fonte: 13/04/2020
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 19 páginas
  • Edição: volume 38; número 138
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição