Artigo

O perverso impasse latino-americano: qualidade da educação x pobreza

RESUMO

Diante dos baixos níveis dos indicadores educacionais na América Latina, o argumento segundo o qual um nível mínimo de distribuição de renda é necessário para que o processo educacional tenha resultados, acabou se tornando um sofisma, utilizado para sugerir a inutilidade de qualquer esforço de melhoria da Educação antes da solução dos problemas econômicos. Nesse sentido, a autora se debruça sobre o impasse qualidade da educação x pobreza e se propõe a pensar em perspectivas educacionais para a América Latina.

SOBRE O DOCUMENTO

ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.