Artigo

Ensino de leitura de orações por meio de discriminações condicionais

RESUMO

A proposta, baseada no modelo de equivalência de estímulos e aplicada com software, teve orações como unidade de ensino, para ensinar repertório de leitura, por meio de discriminações condicionais. Participaram alunos do Ensino Médio (EM) e foram utilizadas orações ditadas, imagens, orações escritas e também letras. Comparando o desempenho antes e depois, houve leitura generalizada de novas palavras, orações e textos. Portanto, o procedimento foi efetivo para ampliar repertório de leitura em nível mais complexo.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2015
  • Autor(es): Moroz, Melania | Zanco, Giselda
  • Local de publicação: Brasília
  • Instituição(ões) relacionada(s): Instituto de Psicologia - UnB (Editora)
  • Identificadores: ISSN ISSN 1806-3446
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v31n4/1806-3446-ptp-31-04-00509.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 28/07/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 09 páginas
  • Tipo Licença: Todos os direitos reservados
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.