Artigo

O movimento estudantil e a democratização da educação

RESUMO

Analisa-se a atuação dos estudantes no movimento estudantil do Brasil, refletindo sobre as políticas educacionais, cujo processo de elaboração tem a participação dos estudantes. Essa participação contribui para a democratização na área da educação, num processo dialético de discussão coletiva. Conclui que a atuação dos estudantes, atrelada aos movimentos sociais, é de suma importância à formação de sujeitos políticos e para inferir nos rumos das políticas da educação do País.

SOBRE O DOCUMENTO

ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.