Dissertação

Educação escolar indígena, intercultura e formação de professores(as): uma pesquisa a partir das proposições da biologia do amor e da biologia do conhecimento de Humberto Maturana

RESUMO

O trabalho de pesquisa busca oferecer subsídios teóricos e epistemológicos para a educação escolar indígena, a partir das proposições da biologia do conhecer e biologia do amar, ou seja, a partir do fundamento biológico-relacional humano em uma perspectiva de diálogo intercultural, o estabelecimento de diálogos com imaginários e representações sobre as questões da cultura indígena e a formação de professores em geral e em particular para educação escolar indígena.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 16/09/2013
  • Autor(es): Maders, Sandra
  • Local de publicação: Brasil
  • Instituição(ões) relacionada(s): Universidade Federal de Santa Maria (Editora)
  • Fonte: https://goo.gl/QJCH1O
  • Data de Acesso à Fonte: 16/12/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Dissertação
  • Tamanho: 160 páginas
  • Tipo Licença: Todos os direitos reservados
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.