Artigo

A Base Nacional Comum Curricular e o Ensino de Matemática: flexibilização ou engessamento do currículo escolar

RESUMO

Este artigo analisa o documento “Base Nacional Comum Curricular”, focando nos objetivos de aprendizagem dos conteúdos Álgebra e Funções para o Ensino Médio. Objetiva compreender o processo de elaboração da proposta que deverá se constituir como a base curricular do Ensino de Matemática nas escolas brasileiras. Dialogando com a ideia de tradição curricular e construção de identidade, problematiza a pertinência de uma base nacional comum, compreendendo-a com uma tradição curricular. 

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2017
  • Autor(es): Pinto, Antonio Henrique
  • Local de publicação: Rio Claro
  • Instituição(ões) relacionada(s): Boletim de Educação Matemática (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1980-4415
  • Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-636X2017000301045&lang=pt
  • Data de Acesso à Fonte: 31/03/2020
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 16 páginas
  • Tipo Licença: CC BY-NC - Atribuição/NãoComercial