Dissertação

Beyond medicalization: explaining the increased prevalence of attention deficit-hyperactivity disorder

RESUMO

Os diagnósticos de déficit de atenção e hiperatividade têm aumentado desde o início dos anos 1990. Hoje, cerca de 10% da população em idade escolar tem sido diagnosticado com a doença e a maioria dos indivíduos diagnosticados usam medicamentos para tratar os sintomas. O objetivo deste trabalho é analisar a prevalência e tratamento de diagnóstico (e sua distribuição desigual), desmascarando explicações baseadas unicamente na ciência.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 2016
  • Autor(es): Mann, Allison Leigh
  • Local de publicação: Nova Iorque
  • Instituição(ões) relacionada(s): Columbia University (Editora)
  • Fonte: http://academiccommons.columbia.edu/catalog/ac:196449
  • Data de Acesso à Fonte: 28/11/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Dissertação
  • Tamanho: 259 páginas
  • Tipo Licença: Todos os direitos reservados
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.