Artigo

Intensificação do trabalho e saúde dos professores

RESUMO

O papel dos docentes nas reformas educacionais traz novas exigências com efeitos sobre a sua saúde. Baseado na literatura epidemiológica e ergonômica, o artigo relaciona o processo de intensificação do trabalho nas escolas e o adoecimento dos professores. A intensificação do trabalho é caracterizada pela falta de suporte social para acomodar as novas exigências. Associa-se o processo de morbidade docente a fatores ambientais e organizacionais e suas implicações sobre a atividade na sala de aula.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 08/2009
  • Autor(es): Assunção, Ada Ávila | Oliveira, Dalila Andrade
  • Local de publicação: Campinas
  • Instituição(ões) relacionada(s): Centro de Estudos Educação e Sociedade (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1678-4626
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/es/v30n107/03.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 07/09/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 24 páginas
  • Edição: Volume 30; Número 107
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição