Artigo

Estilos parentais como fator de proteção ao consumo de tabaco entre adolescentes brasileiros

RESUMO

A pesquisa trabalhou com 17.246 estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e privadas das 27 capitais brasileiras. O objetivo foi relacionar o uso de tabaco com os estilos e o comportamento de fumar dos pais. Nos resultados, estudantes filhos de pais negligentes ou indulgentes tiveram maior chance de relatar o uso no último mês ou frequente de tabaco. Observou-se uma associação entre o estilo parental e uso de cigarros por estudantes. O estilo parental autoritativo foi associado à proteção ao uso de tabaco.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2015
  • Autor(es): Bedendo, André | Faria, Ana Regina Noto | Locatelli, Danilo Polverini | Opaleye, Emérita Sátiro | Tondowski, Cláudia Silveira | Zuquetto, Carla Regina Guimarães
  • Local de publicação: Rio de Janeiro
  • Instituição(ões) relacionada(s): Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1678-4464
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/csp/v31n12/0102-311X-csp-31-12-2514.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 21/07/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 09 páginas
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição