Artigo

Ampliação da obrigatoriedade na Educação Básica: como garantir o direito sem comprometer a qualidade?

RESUMO

Este artigo pretende avaliar o impacto da ampliação das redes públicas pela aprovação da Emenda Constitucional nº 59, que implanta a obrigatoriedade do ensino para a população de 4 a 17 anos, na disponibilidade de recursos por aluno na Educação Básica.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2010
  • Autor(es): Alves, Thiago | Pinto, José Marcelino de Rezende
  • Local de publicação: Brasília
  • Instituição(ões) relacionada(s): Confederação Nacional do Trabalhadores em Educação (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1982-131
  • Fonte: http://www.esforce.org.br/index.php/semestral/article/view/82/310
  • Data de Acesso à Fonte: 28/02/2017
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 19 páginas
  • Edição: Volume 04; Número 07
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.