Dissertação

Financiamento da Educação Básica no governo Lula: elementos de ruptura e de continuidade com as políticas do governo de FHC

RESUMO

Busca identificar na política de financiamento da educação básica do primeiro Governo Lula elementos de ruptura ou de continuidade com pressupostos teóricos do projeto de ajuste estrutural do capitalismo mundial, aceitos e defendidos pelo governo Fernando Henrique Cardoso. A Emenda Constitucional nº. 53, que criou o FUNDEB, estabeleceu novo padrão de financiamento da educação básica, mas sem representar ruptura com a dinâmica de descentralização das políticas educacionais do governo anterior

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 06/01/2010
  • Autor(es): Araújo, Raimundo Luiz Silva
  • Local de publicação: Brasília
  • Instituição(ões) relacionada(s): Faculdade de Educação - UnB (Editora)
  • Fonte: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2958
  • Data de Acesso à Fonte: 10/10/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Dissertação
  • Tamanho: 182 páginas
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.