Artigo

Prevalência de dor musculoesquelética em adolescentes e sua associação com o uso de dispositivos eletrônicos

RESUMO

Por meio de pesquisa com estudantes sobre uso de dispositivos eletrônicos, dor musculoesquelética, atividade física e dados sociodemográficos, descobriu-se que a prevalência de dor musculoesquelética foi de 72,1%, sendo maior no gênero feminino. Não houve associação entre dor musculoesquelética e o uso de dispositivos eletrônicos. Porém, identificou-se que o gênero feminino apresenta 10,66 mais probabilidades de referir esse tipo de dor.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 06/2015
  • Autor(es): Araújo, Rodrigo Cappato de | Oliveira, Valéria Mayaly Alves de | Santos, Luan Ricardo Alves dos | Saueressig, Ingrid Becker | Silva, Kelvin Mikael Araújo | Xavier, Michele Katherine Andrade
  • Local de publicação: São Paulo
  • Instituição(ões) relacionada(s): Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (Editora)
  • Identificadores: ISSN 2317-6393
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/rdor/v16n2/pt_1806-0013-rdor-16-02-0129.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 09/09/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 07 páginas
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.