Artigo

O pensamento conservador e sua influência nas práticas machistas e homofóbicas no interior de uma escola pública

RESUMO

O artigo é fruto do trabalho desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa e Estudos Conservadorismo e Educação Brasileira da Faculdade de Educação da UFF, que procura entender a retórica argumentativa do pensamento conservador, principalmente o caráter relativamente fixo de seus pressupostos. A partir de uma pesquisa de campo realizada em uma escola pública da Rede FAETEC, sugere-se que o pensamento conservador é um dos elementos que orienta o discurso e as práticas machistas e homofóbicas.

SOBRE O DOCUMENTO

ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.