Artigo

Da pedagogia do oprimido às pedagogias da exclusão: um breve balanço crítico

RESUMO

O artigo analisa deslocamentos nas práticas pedagógicas que correspondem à mudança conceitual nas quatro últimas décadas, desde a formulação da pedagogia do oprimido. Discutiu-se a exclusão social e a sua relação com as políticas e práticas educacionais. O uso do binômio exclusão social/inclusão social se dá pela denúncia das múltiplas desigualdades e no seu caráter instrumental para políticas públicas. Porém, há também limites em projetar possibilidades de transformação da sociedade excludente.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 08/2009
  • Local de publicação: Campinas
  • Instituição(ões) relacionada(s): Centro de Estudos Educação e Sociedade (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1678-4626
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/es/v30n107/12.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 07/09/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 22 páginas
  • Edição: Volume 30; Número 107
  • Tipo Licença: CCBY - Atribuição