Artigo

Hannah Arendt: pensar a crise da educação no mundo contemporâneo

RESUMO

Este artigo discute a reflexão de Hannah Arendt sobre a crise da educação no mundo contemporâneo. Estabelecem-se conexões entre as suas teses sobre a crise da educação e a crise política da modernidade. A primeira relaciona-se à introdução de abordagens educacionais psicopedagógicas, mantendo os jovens infantilizados, trazendo novos problemas políticos. Arendt discute "crítica" e "crise" e questiona "crise/reforma". Para ela, a crise educacional é oportunidade para reflexões críticas sobre a educação.

SOBRE O DOCUMENTO

  • Data de publicação: 12/2010
  • Autor(es): César, Maria Rita de Assis | Duarte, André
  • Local de publicação: São Paulo
  • Instituição(ões) relacionada(s): Faculdade de Educação da USP (Editora)
  • Identificadores: ISSN 1517-9702
  • Fonte: http://www.scielo.br/pdf/ep/v36n3/v36n3a12.pdf
  • Data de Acesso à Fonte: 07/09/2016
  • Suporte: Texto
  • Tipologia: Artigo
  • Tamanho: 15 páginas
  • Edição: Volume 36; Número 3
ATENÇÃO

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Por conta das restrições de uso e acesso informados pelo autor e/ou pela fonte de origem deste arquivo, este documento apenas pode ser visualizado pelo usuário no desktop. Qualquer outra tentativa de uso não é permitida (tais como divulgação, reprodução ou download), cabendo ao usuário a responsabilidade sobre tal conduta irregular, conforme o aceite de nossos Termos de Uso e Políticas de Privacidade.